sexta-feira, fevereiro 29, 2008

imagens ao léu ... 128





















Rio de Janeiro será una de las sedes del Gran Slam de Judo

Copacabana - Rio de Janeiro
*******************************************************************
Rio de Janeiro será una de las sedes del Gran Slam de Judo
29-02-2008 - 17:16 h.

Río de Janeiro EFE La ciudad brasileña de Río de Janeiro fue elegida hoy como una de las sedes de los cuatro Gran Slams de Judo a partir de 2009, según anunció el presidente de la Federación Internacional de este deporte (FIJ), Marius Vizer.

En el acto, celebrado este viernes en la ciudad carioca, se confirmó también que habrá doce torneos, con cinco etapas de Gran Prix Internacionales, cuatro Grand Slam y un Masters Mundial.

El Gran Prix tendrá lugar en las ciudades de Hamburgo (Alemania), Dubai (Emiratos Árabes), Las Vegas (Estados Unidos), Rotterdam (Holanda) y Pekín (China), mientras que el Gran Slam, además de Río, se disputará en París (Francia), Tokio (Japón) y Moscú (Rusia).

El Masters Mundial todavía no tiene definido su escenario.

"Antes, la FIJ organizaba un evento por año, pero nuestro objetivo con este calendario es modernizar el judo y transformarlo para atraer al público y captar la atención de los medios de comunicación", declaró Vizer.

Sobre la creación del Masters Mundial, el presidente de la FIJ avanzó que "participarán los ocho mejores del mundo en cada categoría. Con estos torneos, también crearemos un ránking mundial que servirá para definir las plazas para los Juegos Olímpicos de Pekín 2008".

FONTE: Los Tiempos - Cochabamba,Bolivia

Leandro Guilheiro e Tiago Camilo lutam para consolidar vaga

************************************
29/02/2008 - 13h07
Leandro Guilheiro e Tiago Camilo lutam para consolidar vaga
Do UOL Esporte

Em São Paulo
Catorze atletas da seleção de judô lutarão na Europa neste final de semana, nas últimas competições válidas para garantir a vaga olímpica. A seleção masculina estará em Praga (RCH), e a seleção feminina vai à Varsóvia (POL).

As etapas da Copa do Mundo servem para a comissão técnica avaliar o desempenho dos judocas e, assim, definir os titulares na China. Leandro Guilheiro, da categoria até 73 kg, e Tiago Camilo, categoria até 81 kg, estão com as classificações muito próximas depois de conseguirem resultados melhores que seus rivais nas disputas, Victor Penalber e Flávio Canto, respectivamente.

O sistema da Confederação Brasileira de Judô faz com que dois atletas fossem selecionados em cada uma das sete categorias de peso e competissem torneios internacionais equivalentes neste começo de ano: uma etapa de Super Copa do Mundo e uma de Copa do Mundo cada. O primeiro grupo já está no Brasil, e acompanha com atenção os resultados de seus adversários diretos pela vaga. Já o segundo grupo entra no tatame neste fim de semana pela última vez.

"Acredito que voltaremos para casa com a equipe escalada. Pelo que vimos até agora, não deveremos ter problemas para definir a seleção olímpica de judô após estes torneios", prevê o coordenador técnico da seleção brasileira de judô, Ney Wilson.

Pelo critério estabelecido pela Confederação Brasileira de Judô, será o titular em Pequim o atleta que tiver melhor desempenho nos torneios europeus, de forma a privilegiar aquele mais competitivo internacionalmente.

Com isso pretendemos que os atletas se preparem não só para vencer a seletiva no Brasil, mas também se preocupem em estudar os adversários lá fora, ganhando assim uma etapa no processo de preparação. O sistema tem funcionado bem", afirma Ney Wilson.

Lutam neste sábado Daniela Polzin (-48kg), Andressa Fernandes (-52kg), Danielle Zangrando (-57kg), Danielli Yuri (-63kg), Alexandre Lee (-60kg), Leandro Cunha (-66kg) e Leandro Guilheiro (-73kg). No domingo é a vez de Mayra Aguiar (-70kg), Edinanci Silva (-78kg), Priscila Marques (+78kg), Tiago Camilo (-81kg), Eduardo Santos (-90kg), Leonardo Leite (-100kg) e Walter Santos (+100kg).

FONTE (image include): UOL Esporte - São Paulo,SP,Brazil

Rio terá Grand Slam de judô a partir de 2009

Arena Olímpica foi palco em 2007
do Mundial de Judô do Rio de Janeiro
****************************************************************************
29/02/2008 - 12h47m - Atualizado em 29/02/2008 - 13h03m
Rio terá Grand Slam de judô a partir de 2009
FIJ cria ranking, monta circuito e quer mudar as regras para deixar esporte dinâmico

GLOBOESPORTE.COM
Rio de Janeiro
Palco do Mundial e dos Jogos Pan-Americanos de 2007, o Rio de Janeiro voltará a ganhar um lugar de destaque no judô mundial. A cidade foi escolhida pela Federação Internacional de Judô (FIJ) como um dos palcos da série de quatro Grand Slams que será criada na modalidade. Além do Rio de Janeiro, foram contempladas também Paris, Tóquio e Moscou com estes que serão os principais torneios da FIJ na temporada. A novidade faz parte de um conjunto de pacotes anunciado pelo presidente da FIJ, Marius Vizer, em um hotel na zona Sul do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira.

Ao lado do presidente da Confederação Brasileira de Judô, Paulo Wanderley, Vizer anunciou também a criação de um ranking mundial. Contarão pontos, além dos quatro Grand Slams, os mundiais junior e sênior, que passam a ser anuais, e os torneios Grand Prix. Na temporada serão cinco Grand Prix, que acontecerão em Hamburgo (Alemanha), Dubai (Emirados Árabes), Las Vegas (EUA), Roterdã (Holanda) e Pequim (China), cuja premiação será de US$100 mil no total, por evento. Os oito judocas mais bem ranqueados em cada peso vão se classificar para o World Masters, que acontecerá no fim da temporada, em uma cidade a ser definida.

- Já imaginava que o Brasil poderia receber um Grand Prix, mas um Grand Slam foi uma surpresa. Colocar o Rio é o resultado do sucesso que tivemos no Pan e no Mundial - lembra o presidente da CBJ, Paulo Wanderley.

O novo calendário do judô mundial começa a partir de 2009 e está garantido através de contrato pelo menos nos próximos quatro anos. As datas e o peso de cada torneio no ranking mundial só serão definidos em uma assembléia-geral da FIJ após os Jogos Olímpicos de Pequim. Também está em estudo o uso do ranking como forma de classificação para os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012. As novidades do judô, porém, não terminam com os novos torneios. A federação internacional estuda também algumas alterações nas regras do esporte. A intenção é deixar a modalidade mais dinâmica e atrativa, para entrar na mídia. Marius Vizer comenta as novidades. - Comparando em grosso modo, a gente quer profissionalizar e modernizar o judô.

FONTE (image include): Globo - Brazil

Brasil será sede do Grand Slam de Judô a partir de 2009

BANDEIRA DO BRASIL
500 x 355 - 19k - jpg
**********************************************************************************
Outros
Brasil será sede do Grand Slam de Judô a partir de 2009
29/02/2008 - 14:34:55 - por FS - AI CBJ
Na manhã desta sexta-feira, no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, a Federação Internacional de Judô fez o anuncio do novo calendário de eventos da entidade para os próximos quatro anos, a contar a partir de 2009. A FIJ organizará 12 torneios e a novidade fica por conta de cinco etapas do Grand Prix Interancional, quatro de Grand Slam e um World Masters. O Rio de Janeiro será sede de uma das etapas do Grand Slam. Os eventos reunirão os melhores judocas do mundo em busca de uma premiação total de US$ 1,3 milhão. Também foi confirmada a realização anual do Campeonato Mundial Sênior e Júnior.

Além do presidente da Federação Internacional de Judô, Marius Vizer, estiveram presentes o presidente da Confederação Brasileira de Judô, Paulo Wanderley Teixeira, o diretor de arbitragem da FIJ, Juan Carlos Barcos, o presidente do Comitê Olímpico de Porto Rico e da Organização Desportiva do Caribe, Hector Cardona, e o secretário geral da FIJ, Hedi Dhoub.

Com US$ 100 mil de premiação para cada etapa, o Grand Prix Internacional acontecerá em Hamburgo (ALE), Dubai (EAU), Las Vegas (EUA), Rotterdam (HOL) e Pequim (CHN). Já o Grand Slam terá US$ 150 mil em prêmio e será realizado em Paris (FRA), Tóquio (JAP), Moscou (RUS) e Rio de Janeiro (BRA). Para encerrar a temporada, um World Masters com o valor de US$ 200 mil com local à definir.
FONTE: Final Sports - Porto Alegre,Brazil

Judo: Veitía confirma equipo completo para Varsovia

La Sierra del Escambray
500 x 333 - 30k - jpg
www.cubaeuropa.com
***************************************************************************************
Judo: Veitía confirma equipo completo para Varsovia
La Habana-(AIN) El entrenador cubano Ronaldo Veitía confirmó este viernes su equipo completo para la Copa del Mundo de Judo, prevista para este fin de semana en Varsovia, como parte de la gira que realiza por Europa.


Veitía señaló a la AIN vía Internet que ya se encuentran en la ciudad polaca y que todas sus discípulas están en perfecto estado físico para enfrentar las jornadas de competencia del sábado y domingo.


Según el programa, las primeras en subir a los tatamis por Cuba serán Yanet Bermoy (48), campeona mundial de El Cairo 2005 y subtitular del orbe en Río de Janeiro 2007, Yagnelis Mestre (52), Yurisleidis Lupetey (57), medallista de bronce en la ciudad de Egipto, y Yalennis Castillo (63).


Por su parte, en el cierre del domingo estarán las cubanas Anaisis Hernández (70), Yurisel Laborde (78), bronce olímpico en Atenas 2004 y monarca del planeta en El Cairo y Río, e Idalis Ortiz (+78).


Hasta el momento, la tropa de Veitía acumula cinco preseas de oro, tres de plata y dos de bronce en el periplo europeo de cara al preolímpico de mayo próximo en Miami, Estados Unidos, y los Juegos Olímpicos de agosto en Beijing, para los cuales ya tiene seguro tres plazas.


Las judocas compitieron anteriormente en los torneos para menores de 20 años y el abierto de Arlon, Bélgica, la Súper Copa del Mundo de París, Francia, la Copa del Mundo de Budapest, Hungría, y la Súper Copa del Mundo de Hamburgo, Alemania.


El medallero se lo reparten Ortiz (2-1-0), Laborde (2-0-0), Castillo (1-1-0), Hernández (0-1-1) y Bermoy (0-0-1). Este sábado y domingo también estará en acción el equipo masculino cubano, pero en la Copa del Mundo de Praga, República Checa, participaciones anteriores en la Copa del Mundo de Tbilisi, Georgia, el abierto de Visé, Bélgica, y las Súper Copas del Mundo de París y Hamburgo.


En su camino por Europa hacia Beijing, los pupilos de justo Noda acumulan una medalla de plata de Ronald Girones (73) y tres de bronce de Jorge Benavides (90), Oreidis Despaigne (100) y Oscar Braison (+100).


FONTE: Escambray - Sancti Spíritus,Cuba
http://www.escambray.cu/

Zangrando volta a sentir lesão e pondera lutar no sacrifício

... Daniele Zangrando, 27 anos, JUDO
290 x 387 - 89k - jpg
www.terra.com.br
*********************************************************
Judô/Copa do Mundo - (29/02/2008 15:07:07)
Zangrando volta a sentir lesão e pondera lutar no sacrifício
Varsóvia (Polônia) - Os treinos ao longo da semana na Alemanha não foram dos melhores para Danielle Zangrando. A judoca peso leve, medalha de ouro nos Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro em 2007, voltou a sentir uma lesão nas costas e no quadril e terá que se superar neste sábado, quando disputa a etapa de Varsóvia da Copa do Mundo.
No final da última temporada, Zangrando já havia tido problemas com dores nas costas e no quadril, que atrapalharam seu desempenho nos tatames. Desta vez, no início do terceiro mês de 2008, a judoca poderá ter problemas na última etapa da seletiva olímpica nacional para os Jogos de Pequim-2008.
”Pode ser que eu tenha de ir para o tatame no sacrifício, mas vou me superar”, confessou a atleta. “Tenho certeza de que vou lutar bem e esquecer a dor. Já estou até melhor e treinei bem. Estou mais confiante para sábado”, anunciou.
Na Supercopa de Hamburgo na semana passada, Dani Zangrando foi eliminada logo na primeira. Para ‘apagar’ o resultado, a judoca terá que obter um bom desempenho em Varsóvia, já que sua rival no peso leve, Ketelyn Quadros, terminou na quinta colocação em Paris e no nono posto em Budapeste, capital húngara.

FONTE: Gazeta Esportiva - São Paulo,SP,Brazil

ELENCO COMPLETO DE JUDOCAS A CITA MUNDIAL

varsóvia, warsaw, velho, cidade, ...
300 x 422 - 49k - jpg
[ Mais em www.digitalphoto.pl ]
***************************************************************************
ELENCO COMPLETO DE JUDOCAS A CITA MUNDIAL
Ronaldo Veitía, entrenador del equipo nacional femenino de judo, confirmó que el elenco contará con representantes en todas las divisiones durante la Copa del Mundo que se desarrollará este fin de semana en Varsovia.
El prestigioso preparador cubano señaló, vía Internet, que todas sus discípulas se encuentran en la capital polaca y que están en perfecto estado físico para enfrentar las jornadas de competencia del sábado y domingo.
Hasta el momento, la tropa de Veitía acumula cinco preseas de oro, tres de plata y dos de bronce en el periplo europeo, de cara al preolímpico de mayo próximo en Miami y a los Juegos Olímpicos de agosto en Beijing.
Este sábado y domingo también estará en acción el equipo masculino cubano de judo, en la Copa del Mundo de Praga, después de participar en varios topes internacionales del llamado Viejo Continente, giro en el que atesora una medalla de plata y tres de bronce.

FONTE: Radio Reloj - Cuba

SURREALISMO: POESIA E REBELIÃO

***********************************************************************

SURREALISMO: POESIA E REBELIÃO
Curso e oficina com Claudio Willer
Museu da Língua Portuguesa

O Museu da Língua Portuguesa – Praça da Luz, s/n, São Paulo, www.estacaodaluz.org.br – abre o mês de março com uma série de cursos gratuitos voltados para jovens e adultos. Ocorrerão no próprio Museu e os interessados podem se inscrever pelo telefone (11) 3227 -0402. As vagas são limitadas.
Surrealismo: Poesia e Rebelião, coordenado pelo poeta, ensaísta e tradutor Cláudio Willer, será às terças-feiras, entre os dias 04 de março e 20 de maio, das 14 às 17 horas, em doze sessões, divididas em dois módulos ou etapas que totalizarão 36 horas de carga horária. O público-alvo é de escritores, estudantes de Letras, e interessados no assunto em geral.
O primeiro módulo, com sete sessões, de 04 de março até 15 de abril, será expositivo, cobrindo todos os tópicos do programa a seguir. O segundo módulo, com cinco sessões, de 29 de abril a 27 de maio, corresponderá a um aprofundamento: terá formato de oficina e seminário; os participantes poderão pesquisar surrealismo, especialmente autores de língua portuguesa; e, aqueles que escrevem, fazer práticas de criação surrealista.
A finalidade de Surrealismo: Poesia e Rebelião é estimular a capacidade de criação e leitura dos participantes, além de ampliar a sensibilidade e conhecimento literário. Mostrará poesia surrealista, e também seus fundamentos: a poética e visão de mundo adotada por André Breton e demais participantes desse movimento. Examinará autores diretamente vinculados ao surrealismo, e outros com afinidade com esse movimento e sua imagética. Dará especial atenção ao surrealismo em língua portuguesa, de autores de Portugal e brasileiros, inclusive contemporâneos. Discutirá sua atualidade. Mostrará como a visão surrealista pode se projetar na relação com uma metrópole como São Paulo.

PROGRAMA

1. Antecedentes históricos: a rebelião romântica; temas românticos nos manifestos surrealistas de Breton;
2. A imagem surrealista e seus precursores; Baudelaire, Rimbaud e Lautréamont; o pensamento analógico;
3. Escrita automática: a transformação de categorias da psicanálise em poética; a relação surrealismo-psicanálise: controvérsias relativas ao inconsciente na criação; inspiração e escrita espontânea no surrealismo e em outros autores;
4. Surrealismo, ocultismo, hermetismo: o maravilhoso; o “acaso objetivo”; cidades como espaço mágico;
5. Surrealismo em outras literaturas, além da língua francesa: América Latina e literaturas de língua espanhola; o surrealismo português, de Mário Cesariny até hoje; surrealismo no Brasil, de Murilo Mendes e Jorge de Lima até Roberto Piva e autores mais recentes;
6. A ruptura dos gêneros e o diálogo entre modos de criação; poesia em prosa e prosa poética; a contribuição surrealista às demais modalidades: artes visuais, inclusive fotografia e colagem; cinema;
7. As relações entre poesia e política e entre arte e vida; leitura, literatura e surrealismo. Como seria uma crítica literária a partir do surrealismo? Alcance e importância do surrealismo, hoje.

Claudio Willer é poeta, ensaísta e tradutor. Nasceu em São Paulo, em 1940. Publicações mais recentes, Estranhas Experiências, poesia (Lamparina, 2004); Volta, narrativa em prosa (Iluminuras, terceira edição em 2004); preparou Lautréamont - Obra Completa - Os Cantos de Maldoror, Poesias e Cartas (Iluminuras, nova edição em 2005) e Uivo, Kaddish e outros poemas de Allen Ginsberg (L&PM, nova edição de bolso de 2005). Acaba de ter lançado Poemas para leer en voz alta, editorial Andrómeda, San Jose, Costa Rica (tradução de Eva Schnell, posfácio de Floriano Martins). É autor de outros livros de poesia e da coletânea Escritos de Antonin Artaud, esgotados. Consta em antologias e coletâneas, brasileiras e de outros países. Seus vínculos são com a criação literária mais rebelde e transgressiva, como aquela ligada ao surrealismo e à geração beat. Ocupou cargos públicos em administração cultural. Presidiu por vários mandatos a UBE, União Brasileira de Escritores. Deu inúmeras palestras, cursos e oficinas literárias.

Co-edita, com Floriano Martins, Agulha:

http://www.revista;agulha.nom.br/.


Mais informações:

Poesia e fumetti: Cesare Pavese, Dino Buzzati, Edgar Allan Poe


Feb 29
Poesia e fumetti: Cesare Pavese, Dino Buzzati, Edgar Allan Poe
Pubblicato da Elisa, Blogosfere staff alle 09:38 in Arti figurative, Libri


Quella che vedete qui sopra è una tavola di Poema a Fumetti di Dino Buzzati.
Ne trovate molte altre su Nuvole Parlanti - Cloud Nine grazie ad Alacarte che ci fa riscoprire il connubio poesia e fumetti: Poema a fumetti è un'opera singolare anche nel composito mondo di Dino Buzzati. Vero racconto in versi illustrato con tavole a fumetti, e che fumetti, visto che è lo stesso Buzzati l'autore di tutte le illustrazioni.
Una contaminazione, quella tra poesia e tavole a fumetti, che ha tutte le carte in regola per essere estremamente contagiosa. Nuvole parlanti ci porti altri esempi di questa commistione di generi: un altro italiano, Cesare Pavese, e l'immortale maestro Edgar Allan Poe.
Sovrapposizione di parola e immagine, perfetta integrazione tra penna e matita: online siamo abituati a vivere esperienze multimediali che uniscono testo, video, immagine e suono e dimentichiamo che prima del click l'ipertesto doveva essere realizzato su carta.
Esempio anticipatore e modernissimo di una tecnica: la contaminazione dei generi, che oggi è sempre più utilizzata - scrive Alacarte - anche grazie all'evoluzione dei mezzi tecnologici, in particolare dell'ipertesto. Sintesi piacevolissima e completa, in poesia e fumetti, di tutti i temi che caratterizzano le opere di Buzzati: sogni, ossessioni, sesso, morte, amore, vita.
Un'opera da riscoprire, come scrive EthosBlog.
Qui non compaiono le guglie del fantastico mondo buzzatiano, nè ci sono "tartari" da attendere invano all’orizzonte: niente profumo di bosco, nè bisbilgiare o tuonare di venti dal caratere bizzoso… Qui Buzzati ripropone il mito di Orfeo ed Euridice in un inferno contemporaneo - la Milano dei suoi anni, in cui esiste un passaggio segreto che conduce nell’Ade - e lo fa in maniera originale, per come siamo abituati a conoscerlo, cioè con il fumetto. Qui - con pochi colori e con quel suo tipico tratto a volte appena stilizzato - trova espressione una vera e propria "galleria" delle profonde fantasie di Buzzati: dalla pura dolcezza poetica alla trivialità, dall’eros alla sensualità, all’ethos.
Augurandosi che le edicole, le fumetterie e le librerie si riempiano al più presto di poesia e fumetti, Alacarte segnale altre due esperienze da non perdere, eccole:
Cesare Pavese a fumetti
Edgar Allan Poe a fumetti

FONTE (image include): Blogosfere Cultura - Italy

Última chance para judocas garantirem vaga para Pequim

Praga
500 x 375 - 151k - gif
**************************************************************************
Outros
Última chance para judocas garantirem vaga para Pequim
29/02/2008 - 10:34:31 - por FS - AI CBJ

Os 14 atletas da seleção brasileira de judô que estão na Europa disputam, neste final de semana (1 e 2 de março), suas últimas competições em busca de uma vaga nas próximas Olimpíadas. O masculino luta em Praga, na República Tcheca, e o feminino vai à Varsóvia, na Polônia. As etapas da Copa do Mundo estão servindo para a comissão técnica avaliar o desempenho dos judocas e, assim, definir os titulares na China. Dois atletas foram selecionados em cada uma das sete categorias de peso e competiram torneios internacionais equivalentes neste começo de ano: uma etapa de Super Copa do Mundo e uma de Copa do Mundo cada. O primeiro grupo já está no Brasil, e acompanha com atenção os resultados de seus adversários diretos pela vaga. Já o segundo grupo entra no tatame neste fim de semana pela última vez: é tudo ou nada.

"Acredito que voltaremos para casa com a equipe escalada. Pelo que vimos até agora, não deveremos ter problemas para definir a seleção olímpica de judô após estes torneios", prevê o coordenador técnico da seleção brasileira de judô, Ney Wilson.

Pelo critério estabelecido pela Confederação Brasileira de Judô, será o titular em Pequim o atleta que tiver melhor desempenho nos torneios europeus, de forma a privilegiar aquele mais competitivo internacionalmente e que, dessa forma, esteja mais habiliatdo a trazer para o Brasil melhores resultados nas Olimpíadas. Este sistema misto de seleção (seletiva nacional e avaliação de resultados internacionais) é adotado pela CBJ desde 2006, no masculino, e desde 2007, no feminino.

"Com isso pretendemos que os atletas se preparem não só para vencer a seletiva no Brasil mas também se preocupem em estudar os adversários lá fora, ganhando assim uma etapa no processo de preparação. O sistema tem funcionado bem", afirma Ney Wilson.

Os meio-leves João Derly e Erika Miranda, já garantidos em Pequim em virtude de seus resultados nos Jogos Pan-Americanos 2007 e Campeonato Mundial 2007, voltaram ao Brasil depois de três competições. Eles serão substituídos por seus reservas, respectivamente Leandro Cunha e Andressa Fernandes.

Os nomes dos 14 titulares nos Jogos Olímpicos serão anunciados antes do embarque da equipe para treinamento no Japão, dia 21 de março.

Lutam no sábado Daniela Polzin (-48kg), Andressa Fernandes (-52kg), Danielle Zangrando (-57kg), Danielli Yuri (-63kg), Alexandre Lee (-60kg), Leandro Cunha (-66kg) e Leandro Guilheiro (-73kg). No domingo é a vez de Mayra Aguiar (-70kg), Edinanci Silva (-78kg), Priscila Marques (+78kg), Tiago Camilo (-81kg), Eduardo Santos (-90kg), Leonardo Leite (-100kg) e Walter Santos (+100kg).



FONTE: Final Sports - Porto Alegre,Brazil
http://www.finalsports.com.br/

Reforços trazem mais experiência e judô da UNISUL começa em ritmo acelerado


... para a equipe de Judô da Unisul, ...
220 x 293 - 33k - jpg
**************************************************************
Reforços trazem mais experiência e judô da UNISUL começa em ritmo acelerado

O judô da Unisul começa a temporada de 2008 com as melhores expectativas possíveis e com alguns reforços. Saíram dois atletas e chegaram três com a mesma disposição de lutar por títulos. A primeira oportunidade será na seletiva sub-23 que acontece no próximo dia 8 de março em Balneário Camboriú. Fabio Matana e Bruno Bastos Venâncio foram os judocas que deixaram a universidade para lutar fora do país.
Os dois judocas deixarão saudade, principalmente Fabio Matana que no ano de 2007 conquistou resultados expressivos como os títulos de campeão estadual universitário e da Copa Unisinos Mercosul e o segundo lugar no Campeonato Brasileiro Universitário. O atleta chapecoense deixou a Unisul para lutar pelo Benfica de Portugal. Já Bruno Venâncio deixa a universidade para realizar testes nos Estados Unidos.
Para o lugar de Fábio Matana a solução vem de casa. Marcelo Ferreira, que é da mesma categoria de Matana, 81 a 90 quilos - e antes lutava somente competições pela Unisul como um clube, agora disputará campeonatos universitários já que ingressou na UnisulVirtual. O fato de a Unisul ser um clube e também poder disputar competições universitárias, por ser uma universidade, facilita a contratação de novos atletas. São os casos de Ariana Albertti, Saymon Travassos e Samir Gouvêa, novos judocas da Unisul.
Ariana Albertti, peso meio médio, 57 a 63 quilos, deixou a cidade de Videira, no Meio-Oeste de Santa Catarina, e teve passagens pelas cidades de Blumenau, Criciúma e Biguaçu. Ela diz que a oportunidade de estudar e ao mesmo tempo poder lutar judô foi decisiva para escolher a Unisul. "O treinamento da Unisul é de alto nível, o que reflete nos resultados. Hoje a universidade é uma referência no esporte e a equipe é muito forte, por isso a escolhi para lutar. Claro que a oportunidade de estudar também pesou", comenta Ariana.
Ariana tem no seu currículo dois títulos de Joguinhos Abertos e o segundo lugar no Campeonato Brasileiro de 2005. É presença confirmada na seletiva sub-23. Judocas que também serão representantes da universidade na disputa por vagas para a seleção e que chegaram no início do ano são Samir Gouvêia e Saymon Travassos, de Florianopolis, o último para substituir Bruno Venâncio na categoria de 66 a 73 quilos.
Se Saymon chega para substituir uma vaga, Samir Gouvêia chega de Florianópolis para suprir uma necessidade da equipe que não possuía resultados expressivos em sua categoria, 55 a 60 quilos. Samir, que por duas vezes fora vice-campeão brasileiro, é de Fortaleza. Aos 15 anos mudou-se com a família para o interior de São Paulo e treinou em Bastos, um centro de referência em formação de atletas. Tiago Camilo, atual campeão mundial. também passou por lá. Com 17 anos, fez parte da equipe do Minas Tênis Clube e quando completou 20 anos integrou a equipe da Sogipa onde treinou com João Derly também campeão do mundo.
Julio César Araújo, coordenador e técnico da equipe de judô da Unisul, revela que com a chegada de Samir, 21 anos, o grupo fica forte em todas as categorias. "Agora com o Samir acabamos com uma carência que tínhamos já há alguns anos. Essa categoria é difícil de encontrarmos atletas de bom nível, e o Samir me agrada bastante", afirma Júlio.
Todos os novos lutadores irão para a seletiva nacional sub-23. Entre tantas caras novas, as figurinhas velhas também farão parte da numerosa delegação que viaja para Balneário Camboriú. Jorge Dewes, um desses "veteranos", mostrou preocupação com a seletiva que terá atletas de todo o país. "A seletiva será muito difícil, pois o nível está muito alto, serão muitos atletas. O meu peso é um peso que quase sempre tem mais competidor, pois é um peso mediano, ou seja, são mais lutas, o que dificulta o trabalho. Mas o treinamento está sendo bem feito e espero chegar pelo menos entre os quatro semifinalistas", anseia Jorge.
O treinador Júlio César não se cansa de citar que a competição será disputada em nível altíssimo e informa outro fato que pode dificultar ainda mais as ambições dos judocas da Unisul. "Nós temos uma equipe que é considerada jovem, de média de 20 anos de idade, para uma seletiva sub-23. Os nossos atletas, como o Caixeta, o Jorge, o Marcelo e a Ariana têm experiência nacional. Creio que temos chances, mas o nível é muito elevado e caso consigamos a vaga será com muito suor e luta".
As delegações de todo o Brasil chegam a Balneário Camboriú na sexta-feira, 7 de março, para o congresso técnico e no dia seguinte iniciam as lutas no complexo multieventos Sérgio Lorenzatto. O evento faz parte do projeto Londres 2012 da Confederação Brasileira de Judô.
Fonte: Unisul

in Universia Brasil - São Paulo,SP,Brazil

PIERRÔ - Maria de Fatima Delfina de Moraes

Pierrot
680 x 449 - 106k - jpg
photo.net
************************************************************
PIERRÔ
Maria de Fatima Delfina de Moraes

Um raio de luar reluz.
O Pierrô contemplativo,
recorda o olhar da menina,
sua doce Colombina.

Ainda lembra do baile
em que conheceu seu amor
foi com um beijo roubado
que da linda Colombina,
o coração conquistou.

A Noite - Dutra e Melo

Untitled
Bruno Di Bernardo
critique photo view portfolio (318 images)
************************************************************


Dutra e Melo
A Noite

Luminoso esteirão mal deixa ao longe,
De ouro e púrpura aceso, o vasto carro
Em que o Dia cercado de seus raios
Pelo éter passeia:
E a Noite melancólica e sombria,
Colhendo sobre a fronte, os soltos cachos
Dos úmidos cabelos,
Em tomo aos ombros ajeitando o manto
Lança às rédeas a mão, solta a carreira
A seus negros ginetes.
Enquanto despeitosa murcham, pendem
Nas campinas as flores,
Enquanto um suspirar surdo e longínquo
Lamenta a ausência do esplendor do dia,
Lúcidas brilham trêmulas estrelas
De faróis lhe servindo — Ai! como é triste
A solitária marcha da amargura
Que abatida percorre a linda noite!
Seus negros olhos e a carroça ebânea
Que pelos céus a tira,
As suas lonas roupas tenebrosas,
Olhos desviam que o fulgor da Aurora
Rutilante convida.
Oh! ninguém busca vê-la — Aves e plantas,
Homens, tudo a abandona! Ingratos, fogem
Como ao leito mortal do extinto amigo.

Tú és, ó Dia, o predileto encanto
Da natureza inteira;
Todos amam colher as áureas flores
Que as rodas do teu carro à terra lançam;
Para o teu rutilar voltam-me os olhos,
E ninguém busca a Noite. — O sono os prende
Enquanto vagaroso vai seu plaustro
As campinas do céu plácido arando.
Mas tu me és sempre deleitosa e cara,
Noite melancólica; a minha alma
Atrativos em ti descobre ansiosa.
Não ama o pirilampo a luz do dia,
Nem as aves da morte então soluçam!

Noite amiga dos homens! — No silêncio,
Na calma vaporosa que desdobras,
No sossego dos campos, das florestas
A vida interna saboreio ardente.
Só então vive o espírito do homem;
Tenaz rebenta o pensamento algemas;
Linguagem da ternura e sentimento
Lhe fala o coração nas doces horas;
Surge a contemplação dos seios da alma
Em cujas dobras cerra-se aos combates
Da vida labiríntica do mundo;
E fresca mão na fronte vem pousar-nos
Mansa a filosofia animadora.

Noite amiga dos homens! — Teus mistérios
Coração de quem ama não deslembra.
Podem muitos cantar-te em liras de ouro
Enlaçadas de brancas sempre-viva,
De perlas, não de lágrimas, bordada;
Sons de fogo arrancar das lisas cordas,
Confiá-los à brisa das cidades,
Sem que um riso de mofa os enregele;

Correr dedos na lira olhando uns olhos,
E ver descer um beijo, e as mãos queimar-lhes.
Mas eu na harpa de bronze dos finados,
Onde a roxa Perpétua, onde o suspiro
Abrançando a saudade entrelaçam,
Donde um véu cor da morte à terra desce,
Eu só posso cantar fúnebres cantos,
Carpidas nênias que o feliz desama,
Só, no campo, e lá quando abrindo as asas
Tu me acolhes saudosa, ó Noite, esperto
Essa lembrança que só tu conheces,
Que eu guardo, e que uma tumba nos comparte.

Noite amiga dos homens! Quando imperas,
Maior o Criador se nos antolha.
Que importa do teu Sol a pompa, ó Dia?
Essa luz triunfal de resplendores,
Esse golfo da vida pra os sentidos?
Que importa esse brilhar da atmosfera,
Esse vário matiz que adorna a terra?
Perde-se a alma encarando o firmamento,
Quando, ó Noite, o sombreias. — Vê brilhando
Milhões de estrelas, que a distância imensa
Minora a vista luminosa facha,
Que em tomo a infindos sóis, infindos mundos
Abismando a razão, lhe patenteia.
E tu, mágica chave das ciências,
Tu, vasta analogia,
Que véus não rasgas, desdobrando à vista
Mistérios que o entrever mais engrandece!

Noite, ó Noite formosa! — Eu, que amo os astros,
Eu, que neles suspeito mais que as luzes,
Não sei te abandonar, pois, refletindo,
Prezo ver nesses globos outros mundos
Mais felizes que o nosso — onde outros seres
Mal, dor, pecado e morte não conheçam;
Onde o sopro da dúvida não tolde
A argêntea luz da cândida verdade;
E onde a hipótese louca e ambiciosa
Criações moribundas não produza.

Noite amiga dos homens! — Teus altares
Não se mancham de tantos malefícios
Com que as aras do Dia se deturpam.
Unes o esposo à esposa, e aos dois a prole;
A família vê juntos os seus membros,
Irmãos, imito, em doce entretimento,
Fruem prazeres que interrompe o Dia.
Riso, amizade, e gosto sobrevoa
Nessa amena tranqüila sociedade.
A alma se acrisola e purifica
Das escórias que o Dia lhe injetara.

Noite amiga dos homens! — Grato o sono
De teu carro debruça-se na terra;
Quem fadigas e penas por minutos
Contou no dia, — quem deseja a morte,
Quem deseja acalmar o pensamento,
Pertinaz suicida, espelho ustório
Onde os raios de mim longes desgraças
Vêm franger-se e abrasar uma alma fraca;

Quem deseja num caos submergir-se,
Ver o que ama, fugir o que detesta,
Busca a sombra propícia do teu manto.
Então é que ele frui tréguas aos males;
Então é que o sossego alguns momentos
Visita o coração do desditoso;
Que essas almas que os homens não conhecem,
Lassas do mundo já na tenra idade,
Sob as asas do sono o mundo olvidam.

Noite amiga dos homens! — Pensa o vate,
Supremo fogo desce-lhe na fronte,
Quando plácida reinas. — Turbulentas,
Mil imagens descrevem-se nos ares,
Ante a vista em figuras deslumbrosas:
A lucerna do sábio, radiando,
Assiste à criação d'altos mistérios,
Lucubrações do gênio, ardente estudo,
Em que os séculos pálidos, mirrados,
Pelas mágicas fórmulas de análise,
Recompondo o esqueleto, ressuscitam.

Noite amiga dos homens! – Quando a Lua
Iluminaste a rota solitária,
Então vibras dest'alma a última corda.
Então nem mesmo tu, ó poesia,
Nem tu, divina música, soltaras
Som que os sons imitasse desse harpejo;
O céu cheio de nuvens como o oceano,
Que devora uma nau, cheia de espólios;
O mar, em que argentina se prolonga
Essa imagem da luz — e ela tão linda,
Tão sã, tão melancólica, tão pura!...

Noite, ó Noite formosa! — mesmo quando
Não tivesses tão grande majestade,
Bastara o melancólico silêncio,
O calmo rutilar de teu luzeiro,
Para minh'alma te sagrar seus hinos;
Bastara duma lágrima a lembrança,
O passado surgindo ante meus olhos,
E esse nome que então murmuram sempre
A aragem frouxa, as ondas sonolentas.
Tu, só tu, bem no âmago do peito,
Vês a serpe roer-me o engenho e a vida;
Vês gotejarem sangue ainda as fridas
De punhal traiçoeiro em mão de amigo.
Oh! vem pois com teu bálsamo saná-las;
Vem, ó Noite propícia, consolar-me,
Té que a Noite no túmulo me salve
De um mundo que me esmaga, e que eu detesto.

O Rei Estava Ensimesmado - Durvalino Filho

Anndra Dubhacan
critique photo view portfolio (488 images)
******************************************************
Durvalino Filho
O Rei Estava Ensimesmado

O rei estava ensimesmado,
De sua boca nada se ouvia
— nenhuma ordem para hoje,
nenhum enforcamento.
Não foi cobrado o dízimo da noite.
Um escândalo arrebentou na economia
e não foi liberado o pensamento
porque o rei havia-se calado
e o país inteiro adormecia.

O enclausurado urrou por entre as grades.
Mil acidentes com os bóias-frias.
O bispo ficou celerado, possesso
e o diabo rezou a ordem do dia.
Na iniciativa privada
forjaram-se falências desastrosas
com a mudez do rei que só ouvia.

Mataram cães de estimação
em mansões de beira-rio.
Comunidades se desintegraram,
crianças tornaram-se desafio
e a nudez das mulheres
virou prato do dia,
Adeus, véus de Alexandria!

Não houve festas nas periferias
e as mentiras aumentaram em abril.
Até que o rei declarou
num assomo de agonia:
"Nada mudou no Brasil."

O Cortejo Nupcial - Durval de Morais

a lovely vintage faux pearl brooch ...
320 x 240 - 22k - jpg
**************************************************************
Durval de Morais
O Cortejo Nupcial
Pelo estreito caminho da colina,
O cortejo subia lentamente...
Ela, trajando veste purpurina,
Trazia à face a púrpura do crente.
Tendo a clara inocência da menina,
Que abaixa os olhos, quando o olhar pressente
De alguém que a pensa linda, o rosto inclina,
Maria, e, pousa o olhar no chão, tremente!
Coroados de flores, precedidos
De cânticos, em cismas embebidos,
Atravessam desertos e devesas...
Louvando o amor dos imortais amantes,
Dez virgens de alvas vestes flutuantes
Erguem, ao sol, dez lâmpadas acesas.

A Selva - Dunshee de Abranches

... a partida de Colombo da Espanha ...
550 x 422 - 81k - jpg
***************************************************************

Dunshee de Abranches
A Selva

De pé, no tombadilho, olhos fitos no espaço,
Colombo, palpitante, estende o forte braço,
aos capitães mostrando, ao longe, sobre a esteira
dos negros vagalhões a luz de uma fogueira...
Há três noites velava, há três noites sentia
a esperança deixar-lhe o peito, e a fantasia
fugir-lhe já também. Rugiam os porões
de fome e de cansaço... e ocas conspirações
iam lentas mudando a bruta marinhagem
o amor do comandante em amor à carnagem.
Há três luas partira a frota de Castela;
e em cada uma lufada a enfunar a vela,
em toda a aurora nova, em todo o novo ocaso,
mais a pátria fugia, e mais e mais o acaso,
impávido matava as velhas tradições,
mostrando a cada instante aos crentes corações
que o Caos inda era a luz, que o Abismo inda era o mar!
jamais se vira um monstro, um só, se levantar
por sobre os vagalhões, grandíloquo, medonho,
como a Grécia sentiu nesse homérico sonho
que os templos levantou e fez as Odisséias.

Tocador de Piana - Duarte Galvão

Gavirate Bench fog
Max Bianchi
critique photo view portfolio (207 images)
*************************************************************
Duarte Galvão
Tocador de Piana
Negro tocador de canções
são lamentos febris sem eco
na noite das casuarinas dizem ...
Ah! mas dizem tanta coisa sem sentido
Negro tocador ...
A vida permanece num beco
sem saída, e a idéia dos sermões
morre no próprio templo.
Geme, pois, tuas canções tristes,
apertando nos lábios a "piana"
Na noite das casuarinas
Não morrem teus lamentos,
digo-te: outro negro tocador
anônimo, de olhos vendados ou não,
tocará outras canções tristes!

Não passou - Carlos Drummond de Andrade

kindergarten
Larisa Dodz
critique photo view portfolio (44 images)
********************************************************
Carlos Drummond de Andrade
Não passou
Passou?
Minúsculas eternidades
deglutidas por mínimos relógios
ressoam na mente cavernosa.

Não, ninguém morreu, ninguém foi infeliz.
A mão- a tua mão, nossas mãos-
rugosas, têm o antigo calor
de quando éramos vivos. Éramos?

Hoje somos mais vivos do que nunca.
Mentira, estarmos sós.
Nada, que eu sinta, passa realmente.
É tudo ilusão de ter passado.

Primavera - Douglas Eden Brotto

~ Forest ~
Clever Huang
critique photo view portfolio (19 images)
*******************************************************************
Douglas Eden Brotto
Primavera

No galpão, o ferreiro
descansa ao malho, ao canto,
rival, da araponga!...
Penumbra nos bosques
onde escachoam os riachos...
Ah... a primavera...

Esquartejando - Douglas Carrara

-----------------------------------------------------------------------------------------

Douglas Carrara
Esquartejando
ouço um poeta trabalhando
versos
esparsos
no quarto escasso
dentro do quarto amargo
ferido do mundo morto
de vontade
de acabar com quartos
outros estão lendo
absurdamente

lendo

Jana Sobol rettet die Ehre der Wanzleber mit dem Bronzerang

War erfolgreichste Wanzleberin:
Jana Sobol. Foto: privat

Judo : Harter Kampf um die Startplätze zur Deutschen Meisterschaft
Jana Sobol rettet die Ehre der Wanzleber mit dem Bronzerang
Von Mike Schrake

Im ostthüringischen Städtchen Schmölln fanden die Qualifikationskämpfe der Jugend in der Gruppe Mitteldeutschland statt. Aus den Reihen des BSV Wanzleben hatten es zehn Judoka geschafft, sich zu diesen Meisterschaften zu qualifizieren.

Schmölln / Wanzleben. Insgesamt traten an zwei Kampftagen 350 Judoka aus den Leistungszentren Sachsens, Thüringens und Sachsen-Anhalts gegeneinander an, um die Qualifikation für die Deutsche Meisterschaft zu erreichen.

Am ersten Wettkampftag stellten sich zunächst die 14- bis 16-Jährigen ( Altersklasse U 17 ) ihren Gegnern. Auf die amtierende Landesmeisterin Janina Hammann, die diese Hürde im letzten Jahr genommen hatte, setzte Trainer Roland Bernhardt seine größten Hoffnungen. Janina begann auch verheißungsvoll, unterlag dann aber knapp im Kampf um Silber. Danach konnte sie sich in der Hoffnungsrunde gut behaupten, verlor jedoch trotz Punktvorsprung im entscheidenden Kampf. So blieb ihr nur ein undankbarer fünfter Platz.

Mit Magdalena Brehm, Jennifer Klein, Richard Paetz und Daniel Schrake setzten sich auch die weiteren Kandidaten nicht durch und schieden aus.

Am zweiten Wettkampftag wollten es " die Großen " der Bördetigermannschaft wissen. Mit der ehemaligen Kaderkämpferin Judith Augustin hatten sie ein " heißes Eisen im Feuer ". Auch sie war schon im letzten Jahr bei den Deutschen Meisterschaften angetreten. Leider verlief ihr Wettkampf ähnlich wie der von Janina am Vortag, so dass sie die Fahrkarte knapp verpasste. Eine starke Vorstellung zeigte Frances Merkel. Ihr fehlte etwas Glück, sie schied letztlich knapp im Kampf um Bronze aus. Martin Glauer und Florian Hahn hatten starke Gegner aus Sachsen als Gegenüber und schieden nach jeweils zwei Niederlagen aus.

Die Ehre der Wanzleber Judoka stellte die kleinste der Bördetiger dann wieder her : Jana Sobol, 18 Jahre alt, seit 13 Jahren Judoka in Wanzleben, erreichte mit der hart erkämpften Bronzemedaille die Startberechtigung zur Deutschen Meisterschaft. In den letzten Monaten hatte sie gemeinsam mit ihrer Trainingsgruppe hart dafür trainiert und nun den gerechten Lohn erhalten.

Neben Jana qualifizierte sich aus dem Landeskreis Börde auch noch Johanna Kaspers ( PSV Wolmirstedt ) für die Deutsche Meisterschaft. Beiden jungen Frauen wünschen alle Judoka aus der Börde viel Glück am 8. und 9. März im Ruhrgebiet ( Herne / Wanne-Eickel ).

FONTE: Volksstimme - Sachsen-Anhalt,Germany

Estados Unidos: "Poesia" de Obama inspira americanos para a mudança - Manuel Alegre

Mayo 30 2001 Los Ocres misterios de la libertad /
México By Mario Paper Martínez Caballero.
mario paper martinez caballero
critique photo view portfolio (203 images)
Nacional
Estados Unidos: "Poesia" de Obama inspira americanos para a mudança - Manuel Alegre

Coimbra, 28 Fev (Lusa) - O poeta Manuel Alegre disse hoje que "o tom poético do discurso" do pré-candidato presidencial democrata Barack Obama tem inspirado um movimento de mudança na sociedade norte-americana, dando-lhe vantagem sobre a adversária do mesmo partido Hillary Clinton.
"A palavra poética volta a ser necessária", defendeu o dirigente socialista e ex-candidato à Presidência da República à revelia do PS, frisando que "a inspiração das palavras", que Obama suscita junto do eleitorado dos Estados Unidos, pode "levar a uma mudança".
Manuel Alegre intervinha em Coimbra, numa sessão da Comunidade de Leitores da Almedina Estádio, uma iniciativa da editora em parceria com o Centro de Literatura Portuguesa da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, a docente Ana Paula Arnaut e a empresa de comunicação Ideias Concertadas.
O autor de "Praça da Canção" respondia a uma pergunta do historiador Luís Reis Torgal sobre "o papel da poesia na sociedade em que vivemos", em especial na sua relação com a política.
"Há ali um discurso de mudança", afirmou, realçando a importância para o futuro da América da disputa em curso entre Hillary e Obama.
Na sua opinião, "pode-se preparar um discurso político como quem faz um poema".
Elogiando a capacidade de Barach Obama se dirigir aos americanos num "tom poético", Alegre observou que o candidato negro do Partido Democrata está "a criar uma onda de mudança".
"O discurso novo que ele trouxe tem algo a ver com a poesia", acrescentou.
Para Manuel Alegre, os dois pré-candidatos democratas "estão a dar à Europa uma extraordinária lição de democracia", através dos discursos, mas também por se tratar de um negro e uma mulher na pugna pela presidência da pátria de Lincoln.
"Muita gente votou também em mim por eu ser um poeta, expressando uma necessidade de poesia, esperança e sonho na política", comparou o ex-candidato à Presidência da República de Portugal.
Questionado pela agência Lusa, Manuel Alegre, para quem a poesia corresponde a uma "um jogo encantatório" com as palavras, confessou que não gosta de ouvir os seus poemas declamados por outras pessoas.
"O actor quebra, teatraliza. Não gosto de ouvir a minha poesia dita por actores", sublinhou.
Para o poeta, natural de Águeda e ligado afectivamente a Coimbra, vice-presidente da Assembleia da República, "todos os poetas gostam de ler a sua poesia".
O professor universitário Abílio Hernandez, amigo de Alegre e antigo presidente da Coimbra 2003 - Capital Nacional da Cultura, salientou que Ulisses, herói grego da "Odisseia", é "uma figura que tem a ver" com a sua poesia.
"Tal com o poeta procura o verso que nunca há-de encontrar, também Ulisses regressa a Ítaca como mendigo", confirmou o autor de "Um Barco para Ítaca".

FONTE: RTP - Lisboa,Portugal

Brazil, Uruguay face Olympic ban in judo after threat from officials

Foret du Bresil, La
392 x 300 - 57k
junior.britannica.com

Brazil, Uruguay face Olympic ban in judo after threat from officials


The Associated Press
Published: February 26, 2008


SAO PAULO, Brazil: The Pan-American Judo Union has threatened to ban members Brazil and Uruguay from the Beijing Olympics for trying to oust its leaders.
In a letter to the International Judo Federation, the Pan-American Judo Union, or UPJ, accused the Brazilian and Uruguayan federations of a plot to remove the union heads from their posts before their terms end.
The governing body of judo in the Americas said the federations scheduled a meeting in Brazil for Thursday and Friday "with the purpose and objective to (create) an illegal 'Assembly of the UPJ,'" and depose its "democratically elected members."
It said that only "some people" were invited to the meeting and warned that the federations' actions could be penalized with "loss of affiliation," which would prohibit the nations from participating in the Beijing Games.
The Pan-American union said it sent Brazil and Uruguay a copy of the letter to the IJF as a warning. It was made available to The Associated Press on Tuesday.


The Brazilian federation admitted it was promoting a meeting to discuss judo in the Americas, but denied it would be turned into an assembly to oust the UPJ's leaders, spokesman Lucio Mattos said.
The Pan-American union said "a 'coup d'etat' would (cause) damage to the world of judo, (and) the International Olympic Committee would be first in finding out and verifying that judo has lost the ethics and the respect ..."
The head of Brazil's Olympic Committee on Tuesday dismissed the possibility the nation's judo team will be banned from Beijing.
"I don't think this hypothesis exists," Carlos Arthur Nuzman told the Folha de S. Paulo newspaper, Brazil's largest. "The athletes' (right to compete) should never be hindered because of politics."
Brazil has won 12 Olympic medals, including two gold and two silver.




FONTE: International Herald Tribune - France
http://www.iht.com/

Concurso alia fotografia e poesia ambiental

"Lagoa Mundaú" Benício Monte Júnior
728 x 550 - 36k - jpg
www.portaldafoto.com.br

27.02.2008 - 11:08
Concurso alia fotografia e poesia ambiental


A Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente (Sempma) abriu as inscrições para o I Concurso de Foto e Poesia Ambiental, que vai premiar os melhores trabalhos com o tema Meio Ambiente. O concurso terá duas categorias: Estudante e Geral. Entre os estudantes, serão premiados os cinco primeiros colocados.

Já na categoria geral, serão premiados os três primeiros colocados. Cada obra deve ser entregue em papel A3 ou A4, contendo de uma a três fotografias de um mesmo tema junto ao texto poético. Só serão aceitas as obras que tratem dos seguintes temas: Lagoa Mundaú, Parque Municipal de Maceió, Piscinas Naturais da Pajuçara, Árvores Notáveis de Maceió e Mirantes de Maceió.

As inscrições poderão ser feitas até 25 de abril e o resultado divulgado até o dia 15 de maio. Para realizar a inscrição, o candidato deve apresentar os seguintes documentos: formulário de inscrição, impressão da imagem, impressão do texto, CD ou DVD com a versão digitalizada da obra e declaração de responsabilidade.

Os formulários de inscrição e a declaração de responsabilidade estão disponíveis na Secretaria Municipal de Proteção ao Meio Ambiente e na Fundação Municipal de Ação Cultural (FMAC).
PREMIAÇÃO

Os cinco primeiros colocados da categoria Estudante ganharão uma máquina fotográfica digital com resolução de cinco megapixels. Na categoria Geral, o terceiro colocado ganhará uma viagem - com direito a um acompanhante - à Reserva Biológica Federal de Pedra Talhada, em Quebrangulo.

O segundo colocado levará pra casa uma máquina fotográfica digital de sete megapixels e o grande vencedor do concurso ganhará um notebook.

Mais informações, no site www.maceio.al.gov.br. Gazetaweb, com Assessoria

FONTE: Gazetaweb.com - Maceió,AL,Brazil

Des Cousins sur le tatami jonquiérois


Le jeudi 28 février 2008
Des Cousins sur le tatami jonquiérois

Le Club de judo de Jonquière a reçu de la visite rare hier. Une trentaine de judokas français sont montés sur le tatami pour un entraînement de groupe qui a duré plus de deux heures.

Les Français passent une dizaine de journées au Québec dans le cadre d’un échange culturel et sportif avec le Club de judo d’Anjou à Montréal. L’endroit est d’ailleurs présidé par un judoka originaire de la région, Réjean Lajoie. À pareille date l'an dernier, les membres du Club d’Anjou avaient rendu visite au club français, à Auvers-sur-Oise, une petite ville située à 30 kilomètres au nord de Paris.

Avec à la tête de l’organisation un Bleuet, il était donc hors de question que les Français ne viennent pas faire un tour au Saguenay-Lac-Saint-Jean. Les participants ont appris qu’ils feraient le tour de la province lors de leur arrivée au Québec vendredi dernier. Mardi soir, ils ont tenu la même activité à Beauport. La visite française a passé la nuit dans le dojo (salle de combat) du Club de Jonquière avant de reprendre la route en direction de Montréal ce matin. Quelques minutes l’arrivée du groupe hier soir, l’entraîneur français, Raymond Dorgal, un ancien champion parisisien, soulignait l’accueil chaleureux des Québécois. Il réservait d’ailleurs des compliments pour le Club de Jonquière et son directeur technique, Roger Tremblay.

«Ça nous fait vraiment plaisir de venir rencontrer d’autres judokas et ne pas rester seulement à Montréal. On fait un voyage culturel, mais également sportif. Ça nous fait donc plaisir de venir rencontrer d’autres judokas, raconte Raymond Dorgal. J’ai regardé un peu ce qui se fait et je dois dire qu’on donne à Jonquière un enseignement de qualité. Roger (Tremblay) et moi avons un peu la même philosophie. Nous sommes tous deux tournés vers le combat, mais sans exagérer.»

Lors passage du Quotidien en début de soirée, Roger Tremblay ne cachait pas sa joie de pouvoir compter sur la présence de la délégation française. Il raconte que le partage des connaissances est quelque chose de très important dans la discipline du judo.

«C’est une chance que nous avons. La France est l’un des meilleurs pays au monde en judo, lance Roger Tremblay. Ça ne dure qu’une soirée. Il y a donc quelque chose de magique. Nos portes sont toujours grandes ouvertes pour des visiteurs. Nous avons besoin de se comparer aux autres de temps en temps. Plus tu te compares, mieux c’est.»

FONTE (photo include): Cyberpresse - Montréal,Québec,Canada

Campeonato de Extremadura sub23 de Judo


Campeonato de Extremadura sub23 de Judo

Este fin de semana se celebra una actividad pionera en nuestra Comunidad Autónoma, se trata de la celebración del primer CURSO DE ÁRBITRO NACIONAL DE JUDO que por vez primera organiza nuestra Federación, y que se desarrollará durante los días uno y dos de Marzo.
Dividida en dos partes, la primera de ellas tendrá lugar el sábado en el pabellón polideportivo de La Granadilla de Badajoz. Con una carga lectiva de siete horas cuatro de ellas en tatami, en horario de 10’00 a 14’00 horas, y otras tres horas de teoría, de 16’30 a 19’30, incluido el examen.
La segunda parte consistirá en la realización de las prácticas correspondientes a realizar en el Campeonato de Extremadura Sub-23 de Judo que, desde las 9’00 horas se disputará en el pabellón “Juancho Pérez” de nuestra capital.
Este novedoso curso ha sido posible gracias a las gestiones realizadas por la Federación ante el Comisionado Nacional de Arbitraje de la Federación Española. Los aspirantes deberán estar en posesión del Cinturón Negro 2º Dan, habiendo estado como mínimo dos años en activo como Árbitro Autonómico, computando un mínimo de diez prácticas de arbitraje en esa categoría. Será preceptivo estar colegiado como Árbitro Autonómico y con la licencia federativa nacional en vigor.
La segunda actividad, como adelantaba líneas arriba, será el CAMPEONATO DE EXTREMADURA SUB-23 DE JUDO, previo al Campeonato de España Fase Sector Sur, a celebrar en Andalucía en el mes de Abril.
Desde las 9’00 horas se realizará el pesaje de competidores, y, a partir de las 1’00 horas la competición.
Ésta va dirigida a judokas de las categorías masculina y femenina para deportistas con edades comprendidas entre 17 y los 22 años, con grado mínimo de Cinturón Marrón y en posesión de la correspondiente licencia federativa en vigencia. Para las féminas los pesos se han dividido en siete categorías, desde los -48 a los +78 Kg.; y para masculinos desde los -60 a los +100 Kg. Para ambos habrá un margen de sobrepeso de 500 gr., los combates durarán cinco minutos.
Este campeonato será computable para la elaboración del ranking de competidores, la concesión de becas a deportistas extremeños y la formación de equipos para las Fase de Sector Sur.
FONTE: redeportiva - Badajoz,Spain

SUSPIRO VERMELHO - Maiara Gouveia

Like a twig
amarjeet singh sadal
critique photo view portfolio (6 images)

Maiara Gouveia
SUSPIRO VERMELHO

I

Mulheres que saem da sua pele
retiram dos seios
vultos dilacerados
afogam os dedos
no fundo da carne
Mulheres que saltam dos seus poros
esvaem das veias desfalecidas
as línguas estiradas
sob um suspiro vermelho
II

Verter amor na sede. Ferida no mar.
Cicatriz. A onda rude que me abate.
Ou não haver margempara escapar.
Pleno deserto. Há flores de sangue. Corolas. Mulheres líquidas
que esvaem.
In poesia.net

Grim schrijft eigentijds judosprookje


Grim schrijft eigentijds judosprookjedoor
Ton Broekhuisen

Geplaatst op vrijdag 29 februari 2008 om 10:39
De 12 van Ton

kemphanen. Ook bij de judoka’s woedt de strijd om de nog resterende beschikbare olympische tickets in volle hevigheid. In de gewichtsklasse plus 100 kg lijkt de de laatste weken uitstekend presterende Tilburgse judoka Grim Vuijsters (25) zijn grote concurrent Dennis van der Geest af te gaan troeven. Zondag nemen beide kemphanen deel aan het wereldbekertoernooi van Praag.

1.Bij recente superwereldbekertoernooien in Parijs en Hamburg werd je twee keer fraai derde. Hoeveel punten leverde je dat op?

Bij super A-toernooien worden de punten verdubbeld. De winnaar krijgt dan bijvoorbeeld 90 in plaats van 45 punten. En de nummer drie circa 30 punten in plaats van de helft.

2.Wat is je Praagse missie?

Mijn missie zal worden om nu eindelijk eens de finale van een A-toernooi te halen. Ik geef het iedere keer een beetje weg in de halve finale. In Hamburg verloor ik bijvoorbeeld van Tangriev, een Oezbeek die ik in Parijs nog had verslagen.

3.Je hebt nu 32 punten meer dan Dennis van der Geest. Wat kan je nog gebeuren richting Peking?

Ik sta vijfde en Dennis achtste op de Europese ranking. Bij een goede prestatie in Praag denk ik een goede kans op Peking te maken. Ik wil overigens vooral op mezelf blijven letten en me dus niet teveel focussen op Dennis.

4.Je was Nederlands zwaargewichtkampioen in 2005, 2006 en 2007. Toch lijk je nu pas écht door te breken. Hoe komt dat?

De twee recente derde plaatsen op hoog aangeslagen supertoernooien vormen inderdaad mijn internationale doorbraak. Het judo gaat wat beter en ik voel me bovendien sterker.Maar belangrijker nog: in mijn kop zit het nu gewoon goed.

5.Wat is je mooiste overwinning tot nu toe: die tegen Dennis van der Geest in Parijs of die in Hamburg tegen de Franse wereld- en Europees kampioen Teddy Riner?

Dan toch de overwinning op Dennis van der Geest. Simpel omdat ik daar zo lang naar heb uitgekeken. Ik ben weliswaar drievoudig Nederlands kampioen, maar mensen wijzen dan altijd op de absentie van Dennis.

6.Wat zijn je sterkste wapens?

Ik improviseer heel vaak op de mat, mijn tegenstanders weten dus nooit wat ze kunnen verwachten. In het algemeen ben ik rechts, met een redelijke tiende heupworp in huis.

7.Ben je een vechtmachine of een tacticus?

Ik denk beide. Ik laat het van de gelegenheid afhangen.

8.Wat gebeurt er met je zodra je je judopak aantrekt?

Ik werk er hard aan om het lieve dat ik van nature heb, achter me te laten zodra ik de mat betreed. Als judoka ben ik in hoog tempo meedogenlozer aan het worden.

9.Wat doe je naast het judo?

Ik zit in het laatste jaar van de heao-opleiding Sport, Economie en Communicatie (SPECO) aan de Economische Hogeschool Tilburg.

10.Je bent ambassadeur van het Urban Judo project. Wat is dat precies?

Het betreft een initiatief van het ministerie van VWS. Aan basisscholen en middelbare scholen worden judolessen in plaats van gymnastieklessen aangeboden. We gaan met judomat en al naar zo’n school toe. De leerlingen krijgen een judopak aan en na zes weken les kunnen ze examen doen.

11.Welke mooie dame zou je het liefst langdurig in een liefdevolle houdgreep willen nemen?

Dan graag Cameron Diaz.

12.Hoe luidt hét lievelingsprookje van Grim?

Dat ik in ieder geval naar de Olympische Spelen in Peking mag. Om daar dan een liefst goudkleurige medaille op te halen.
FONTE (photo include): Metro Nederland - Netherlands