quinta-feira, maio 21, 2009

Poesia de António Ramos Rosa em debate no Pátio de Letras


22/05/2009
Poesia de António Ramos Rosa em debate no Pátio de Letras

Gastão Cruz, poeta e crítico literário distinguido recentemente com o prémio Correntes d'Escritas/Casino da Póvoa 2009, fala hoje sobre a obra de António Ramos Rosa, às 21h30, no Pátio de Letras, em Faro.

Segundo o orador, "pretende-se traçar o percurso poético de António Ramos Rosa, no quadro da poesia portuguesa contemporânea, e definir o seu papel proeminente, quer como poeta, quer como ensaísta e crítico, na instauração de um novo conceito de poesia e de liberdade poética". Privilegiando o papel da palavra como elemento estruturante do discurso, a poesia de António Ramos Rosa assume-se como uma "voz inicial", em "diálogo com o universo".

Poeta e crítico literário, Gastão Cruz nasceu em Faro em 1941. Licenciado em Filologia Germânica pela Universidade de Lisboa, foi professor do ensino secundário e leitor de português no King's College, em Londres. Como poeta, começou por se destacar com a sua participação na Poesia 61, no início da década de 60, sendo autor de uma obra vasta e em contínuo crescimento.

Gastão Cruz colaborou com vários jornais e revistas como crítico literário, tendo traduzido autores como William Blake, Strindberg e Shakespeare. Foi ainda um dos fundadores do grupo Teatro Hoje, onde encenou várias peças.

A obra de Gastão Cruz foi distinguida com inúmeros prémios, entre os quais se contam o Prémio PEN Clube de Poesia, em 1985, e o Prémio D. Dinis, atribuído pela Fundação Casa de Mateus, atribuído ao livro Crateras (2000). Em 2002, o seu livro de poesia Rua de Portugal foi distinguido com o Grande Prémio de Poesia da Associação Portuguesa de Escritores, e em 2005, com Repercussão, ganhou o Grande Prémio de Literatura dst. O seu livro A Moeda do Tempo (2006) conquistou o prémio literário Correntes d'Escritas/Casino da Póvoa 2009.

Inserido nas comemorações dos 30 anos da UAlg, o ciclo de conferências Viajantes, Escritores e Poetas - Retratos do Algarve é organizado pelo Centro de Estudos Linguísticos e Literários (CELL) da UAlg e pela Câmara Municipal de Vila Real de Santo António/Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela, e decorre no Arquivo Histórico Municipal de Vila Real de Santo António e na Livraria Pátio de Letras, em Faro, nos meses de Março, Abril, Maio, Junho e Julho.

Com a coordenação geral de João Carvalho, docente da Faculdade de Ciências Humanas e Sociais da UAlg e de Catarina Oliveira, do Centro de Investigação e Informação do Património de Cacela, este evento trará às duas cidades algarvias vários especialistas das universidades do Algarve, de Lisboa e Nova de Lisboa, assim como poetas e escritores algarvios: José Joaquim Dias Marques; José Carlos Barros; Teresa Rita Lopes; João Carlos Carvalho; Isabel Dias; João David Pinto-Correia; Nuno Júdice; Gastão Cruz; João Minhoto Marques; Carina Infante do Carmo; Ana Alexandra Carvalho; Ana Catarina Ramos; Artur Gonçalves; Emanuel Guerreiro; Maria do Rosário Marinho; Vasco Barbosa Prudêncio e Pedro Ferré (Encerramento: Faro).


FONTE (foto incluída): Universia.pt - Lisboa,Portugal

Um comentário:

  1. passando pra conhecer seu espaço, eu volto.
    abraço.

    ResponderExcluir